Debate à esquerda

olhar_de_esquerda.jpg

À esquerda, na Blogosfera, está a travar-se um intenso e interessante debate ideológico. Muito à distância, vou acompanhando com alguma curiosidade e alguma piada, mas mesmo assim, não a suficiente, para me entusiasmar, por aí além.

Digamos que aquelas discussões são muita areia para a minha cabeça. Não apenas porque a discussão é muito teórica e especializada, tão ao gosto de jovens intelectuais e debutantes políticos, e portanto não ao alcance de pessoas comuns, como eu – com débeis conhecimentos de ciência política, de economia e dos pensadores políticos, clássicos ou contemporâneos – e cuja aprendizagem política foi a escola da vida, mas porque discussões e polémicas do género, são recorrentes e no que me toca já a tive a minha parte, há muitos e muitos anos, quando militei na OCMLP (organização comunista marxista leninista portuguesa) e a esquerda (à esquerda do PCP) se entretinha em discussões estéreis, indubitavelmente sectárias e intolerantes, mas com o mesmo denominador; estarem desligadas dos problemas reais das pessoas e das suas necessidades objectivas.

Com isto não pretendo depreciar o debate de ideias, sério, frontal, apaixonado, mais ainda sendo da minha área política, a esquerda. Apenas, pretendo deixar um alerta, como homem de esquerda; não se distraiam com coisas acessórias, com pontos finais e virgulas, com pequenas diferenças políticas cujo importância política, poderá interessar para o novo milénio. A esquerda já perdeu demasiado tempo. O que importa agora é o momento. A vida concreta das pessoas: como resolver o problema do desemprego, pagar a renda de casa, os livros dos filhos, os encargos bancários, acabar com a pobreza, dar de comer a quem precisa, uma casa a quem não tem onde dormir, protecção e segurança social aos idosos, integrar os excluídos, respeitar as diferenças, acabar com as guerras…

As pessoas de esquerda, sem deixar de cair os grandes sonhos, as suas saudáveis utopias, precisam de ser mais práticas, em nome dos que sofrem hoje. Deixando de lado, vanguardismos ou arrogâncias intelectuais e actuando com muito humildade democrática. Para ganhar a maioria social. Para ganhar o poder. Para dar combate a políticas injustas e capitalistas. Por uma esquerda nova, adulta, de confiança.

A série de debates está aqui.

Anúncios

5 comentários a “Debate à esquerda

  1. Portugal é um pequeno pais plantado a beira mar, tem tudo para ser um pais onde se vive e onde se esta bém.

    Para que isso seja, havia de ser reorganizado, estructurado região por região, vendo as precisões de cada uma delas, feito com pessoas competentes…afim de as dinamisar.

    Aumentação dos salarios e que deixe de existir essa medecina dos ricos e dos pobres…so pode haver uma medecina num pais, igual para todos, todos tratados da mesma maneira. E muito mais coisas assim a melhorar.

    Quando vou a Portugal, leio os jornais e reparei, basta ver teu blog, que se fala muito dos paises latinos; penso que quando os portugueses estão a ler isso, deixam de pensar no dia-a-dia deles, nas dificuldades que encontram; é uma maneira de detornar a atenção deles.

    Era disto que se havia de falar mais em debates, como melhorar a vida de cada um e de nos todos.

    Optimo fim de semana Fernando !

  2. Pois deveria ser assim … Mas não è!! Vivemos nos país dos corruptos e dos envergonhados. Os Corruptos ” o poder” (carradas) Os envergonhados , aqueles que ainda dizem que o ke “o que se passa cá em casa não se conta na rua”, são os que tem fome, os que já não tem dinheiro de sobra mas sim de falta… os que ainda tentam esticá-lo mas ele não dá mais!!! e esta quadra irrita-me!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s