Isto é que é uma merda!

fraude3254852.jpgQuando se está perante uma fraude fiscal organizada, num esquema engenhoso de evasão fiscal, branqueamento de capitais, falsificação de documentos e que envolve bancos, sociedades financeiras, escritórios de advogados, empresas de construção civil e quando é preciso ser implacável contra a burla e a fraude fiscal, será um escândalo a possibilidade de arquivamento do crime fiscal associado à “Operação Furacão”, pela simples regularização ao fisco do dinheiro envolvido nas fraudes fiscais

Isto não é mais que um convite declarado ao crime e à impunidade e não abona a credibilidade das instituições.

A máquina fiscal tão célere e predadora com pequenos delitos ou infracções fiscais, não pode, deixar em claro, um crime fiscal organizado, apenas porque, estarão envolvidas, como é público, entidades bancárias como o Banco Espírito Santo, o Banco Comercial Português, o Banco Português de Negócios ou o Finibanco. Ou ainda empresas como a Soares da Costa, a Mota-Engil, Monte Adriano ou a Zagote, para além de finíssimos advogados. Ou ainda porque nos 120 arguidos estarão nomes importante e conhecidos da nossa praça.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s