Um governo surdo às necessidades básicas

O provedor de Justiça queixa-se todos os anos mas não adianta. Foi mais uma vez assim e o provedor começa a achar que de nada valem as criticas. É ao fim e ao cabo mais uma demonstração do Governo de insensibilidade social e do desprezo pelas camadas populares mais desfavorecidas e mais desprotegidas da sociedade.

As prestações sociais de apoio, como são o Rendimento de Inserção Social, a Pensão Social, o Complemento Solidário aos Idosos, são emergências sociais a grupos em dificuldade, pelo que não se compadecem com atrasos na sua atribuição, nalguns casos com mais de dois anos, pois visam responder às necessidades básicas do dia a dia dessas pessoas.

O Governo não pode fazer ouvidos moucos.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s