Para onde vais tu França?

Sarkozy ganha as eleições e a França perde. Os franceses desta vez votaram na ilusória “segurança” preferindo o retrocesso social e civilizacional a uma França multicultural, integradora, social, dos povos, cedendo ao discurso reaccionário, racista e xenófobo, do eixo do “mal” da imigração.

Sarkozy um perigoso extremista de direita e um falso “gentleman”, como oportunistamente, pretendeu iludir no debate com a sua opositora a senhora, Ségolène Royal.

Sarkozy sabe que só por uma acção bem engendrada de propaganda, é que consegue esconder que é um homem tão capaz de oferecer a flor a uma mulher coma atirar com o vaso à cabeça ao homem, como o de apertar a mão a um branco ou o pescoço a um preto.

Os franceses com a vitória de Sarkozy em vez de verem resolvidos os problemas de segurança, como pretenderão, vão assistir ao agudizar dos conflitos com os imigrantes e os nacionais dos subúrbios; vão assistir a grandes perturbações e conflitos com os trabalhadores em defesa dos seus direitos laborais e sociais; vão assistir ao aumento da instabilidade e a perda de influência do país no contexto da Europa.

Triste mesmo e é com uma mágoa profunda que o digo é ouvir a maioria dos nossos emigrantes contra “outros” imigrantes que como eles deixaram o país de origem à procura de melhores dias e que enfrentam difíceis problemas de integração. Ou ainda apoiar alguém, como Sarkozy, um homem racista e xenófobo.

Pra onde vais tu França? Para onde caminhamos nós?

Anúncios

7 comentários a “Para onde vais tu França?

  1. Vamos lá entender os franceses. Mas por cá infelizmente a coisa é semelhante. Mas penso que não devemos baixar os braços, mas lutar.

  2. A França vai para o CAOS….vai haver manifestações, contestações, repressão…
    Não comprendo estes resultados, quando a maioria são trabalhadores e é a direita que ganha…
    Para junho vai haver as eleições legislativas, esperando que os resultados sejam melhores que estes…

    Com Sarkozy para ganhar mais, vamos ter de trabalhar mais…e isso vai dar trabalho a aqueles que não teem trabalho ?

    um beijo…

  3. Fernando,

    Apelidar Sarkozy de “perigoso extremista de direita” é um pouco exagerado. Extremista perigoso é o Le Pen. Não os devemos colocar no mesmo saco. Le Pen é xenófobo porque não gosta de estrangeiros e é racista porque se julga superior por ser branco.

    Tal como Sarkozy também eu chamo “escumalha” àqueles jovens que de cara tapada, pela calada da noite, agridem quem lhes aparece pela frente, incendiam carros, destroiem os bairros onde vivem. Se não são escumalha não sei em que situação aplicar este termo.

    Não são escumalha devido à sua nacionalidade ou raça, são escumalha pelos seus gestos. Mas só enfia a carapuça quem quer. Quem faz algo pela vida e recusa a violência, seja de que nacionalidade ou raça for, não é escumalha. Talvez por isso, os emigrantes portugueses não enfiaram a carapuça.

    Votar em Sarkozy é acreditar que alguém vai tentar pôr ordem nessa gente. Porque a França é uma grande democracia, e quem manda são as leis e as leis são para todos! Não interessa a nacionalidade nem a raça.

    Adoro Paris, assim como adoro Londres. São cidades cosmopolitas, cheias de vida, de raças, nacionalidades diferentes e culturas diferentes. Penso que isso é bom. Mas o que se passa nos subúrbios de Paris não tem nada a ver com isso. Trata-se de delinquentes, como o demonstram com os seus comportamentos delinquentes. E um Estado para viver em paz e harmonia precisa de fazer cumprir as suas leis e não os pode tolerar, só porque esses delinquentes são de outra raça ou nacionalidade. A lei é para todos.

  4. Pingback: Sarkozy e esquerda « Bloco de Notas

  5. Paulo Martins
    As diferenças entre Le Pen e Sarkozy são mais de estilo. Remeto-o para as declarações de Lilian Thuram, membro do Alto Comissário para a Integração. O racismo ou a xenofobia estão presentes em muitos de nós, pessoas humanas e evidencia-se, em situações de instabilidade, de insegurança, de dificuldades sociais. Não se é racista ou xenófobo porque se afirma racista e xenófobo é-se por palavras, actos ou omissões em circunstâncias precisas. Repare que você mesmo, separa os emigrantes portugueses, sublinho os emigrantes, da “escumalha” como afirma, secundando Sarkozy, por terem respondido de forma violenta, à morte de seus compatriotas, numa espiral em que Sarkozy deita mais petróleo com essas afirmações irresponsáveis.

    Se não compreende a violência nos subúrbios, desencadeados após a morte daquele imigrante, que foi morto apenas porque tinha uma cor de pele esquisita e vestia-se também de uma forma esquisita, e se ao mesmo tempo acha adequado apelidar de escumalha os jovens, desculpe-me mas não perceberá nunca as causas a natureza e o volume dessas reacções.

    Tentar separar os nossos emigrantes, aí está uma forma de racismo, na linha do que preconiza Sarkozy ao dizer querer criar um Ministério da emigração e da IDENTIDADE; separar comunidades, apartar credos, raças, etnias. Ora isso é fazer despertar o racismo e criar divisões entre pessoas com origens, culturas, diferentes, é guetizar ainda mais, é excluir.

    A ordem e as leis não são intocáveis, valores absolutos, romper com a ordem estabelecida, opor-se às leis é uma realidade com que as democracias se podem confrontar, com serenidade democrática, fazendo cumprir as leis. No fascismo e nos regimes ditatoriais é que são intocáveis. Não quer dizer que defendo as reacções violentas dos jovens, mas é preciso fazer o devido enquadramento.

    Quando fala que Sarkozy vai “pôr ordem nessa gente” é o seu “racismo e xenofobia” a falar. Não misture tudo nem faça generalizações. Esse é um princípio muito errado e perigoso.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s