“E quais são os teus valores? Os meus valores? Sim os teus valores! Bem os meus valores são a Bolsa de Valores”

Insuperável, ontem José Mário Branco. A coisa nem começou especialmente bem, um ligeiro guinchar no som, não perturbou o perfeccionismo de um perfeito profissional. A preparação, a estrutura, os detalhes do espectáculo, mesmo os imprevistos, estão todos previstos.

“com que passo tremente se caminha/em busca dos destinos encobertos/como se estão volvendo olhos incertos/como esta geração marcha sozinha!”

Foi com estes versos de Antero Quental (o mestre de Zé Mário) e o tema a Noite, numa mescla de instrumentos musicais, do violoncelo, do clarinete, do trombone ou do trompete, do violino e do piano, talvez o contrabaixo e a viola acústica, que numa voz estranhamente suave, lenta, baixa, quase sussurrante, O Zé Mário ia marcando pausadamente as palavras, “Foi isto que quisemos? Como é que aqui chegamos? Acaso estamos Vivos? Existe uma saída?”. E eis que desafiando convenientes acomodamentos, surge o “Mudar de Vida”, numa versão, tipo FMI, sublinhada aqui e ali com os vozes do Canto Nono e os bombos do Tocá a Rufar, a voz e as palavras faladas, gritadas, cantadas, um texto perdidamente radical, intensamente político, marcadamente interventivo, um hino anti capitalista, anti imperialista, um ataque cerrado ao centrismo, ao oportunismo político, um “discurso” carregado de ironia, de verdade, de tensão. Ninguém sai impune.

Foi um José Mário Branco mais radicalizado, mas consistente, consequente e coerente com a convicção de que tem de ser feito muito mais para “Mudar de vida” já! Um Mudar de Vida que a cada três ou quatro canções, continuava “igual”, no ritmo, no tom, no fervor revolucionário, com José Mário Branco a querer experimentar novos caminhos já, “porque os ricos estão mais ricos e os pobres não aguentam”.

Depois foi todo um revisitar das músicas de intervenção revolucionária. Todas!

Não as tenho memória mas consigo lembrar-me de ouvir o Pois Canté, Remendos e Côdeas, Nada os Salvará, Engrenagem, Travessia do Deserto, Eu vi este povo a Lutar, Se do Império, Do que um homem é Capaz, e muitas outras, todas aquelas com mais pendor de intervenção política e mais à esquerda.

Eu acho mesmo que só lhe faltou cantar Os meninos de amanhã (o elogio do revolucionário).

Foram duas horas, Inesquecíveis.

A partir de hoje vou colocar aqui, em sua homenagem, até se esgotar o meu stock, algumas das músicas que José Mário Branco tocou na Casa da Música e mais algumas outras na mesma linha. Esperemos que edite o Mudar de Vida.

Remendos e Côdeas 

Sempre que se rompe o casaco do povo
Aparecem uns doutores que descobrem
Que assim não pode ser
Há que achar remédio
Seja lá como for

Vão então negociar com os senhores
Enquanto cá fora os trabalhadores
Ao frio esperam que eles voltem triunfantes com
Um belo remendo

Remendo sim pois bem mas onde é que ficou
O casaco todo?

Sempre que gritamos “basta temos fome!”
Aparecem uns doutores que descobrem
Que assim não pode ser
Há que achar remédio
Seja lá como for

Vão então negociar com os senhores
Enquanto cá fora os trabalhadores
Cheios de fome até que voltem triunfantes com
Uma bela côdea

Côdea sim pois bem mas onde é que ficou
A carcaça toda?

Nós não precisamos só desses remendos
Precisamos do casaco por inteiro
Nós não queremos ficar só com essa côdea
Precisamos de comer o pão inteiro

Não nos basta que o patrão nos dê trabalho
Precisamos de mandar nas oficinas
Nos campos e nas minas
No poder de Estado
Disso é que precisamos

Mas o que é que essa gente tem para oferecer?
Remendos e Côdeas!

p1010018.jpg

Anúncios

4 comentários a ““E quais são os teus valores? Os meus valores? Sim os teus valores! Bem os meus valores são a Bolsa de Valores”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s