Camarada Odete

santos.jpg

Odete Santos figura incontornável da política nacional e do Partido Comunista Português, deixou hoje o parlamento. Odete Santos, não deixava ninguém indiferente, comunista convicta, com uma irreverência e uma postura muito peculiar, nem sempre compreendida, e algumas vezes alvo de chacota, foi uma lutadora de grandes causas, como a despenalização do aborto e a defesa dos direitos das mulheres. Uma mulher de grande fidelidade ao partido o que lhe retirava alguma lucidez nas suas exposições públicas. O parlamento prestou-lhe uma merecida homenagem a qual me associo. Embora discordante com a ideologia política que perfilha, não posso deixar de a considerar uma mulher de causas e de sérias convicções.

Anúncios

10 comentários a “Camarada Odete

  1. É bonito, é bonita a homenagem que o Fernando presta à senhora advogada e deputada do PCP Dr Odete, actriz nas horas vagas e deputada municipal nos outros minutos que sobram…
    Fica-lhe bem juntar-se ao coro, ao unanimismo em torno da mediatica senhora…

    Agora se me permite, acho exagerado o epiteto de “comunista convicta”. Comunista? A Dª Odete?

  2. Muita ironia nessas palavras…
    Nos coros há sempre quem desafina. Não é o meu caso. São sinceras as minhas palavras e não alinham no elogio fácil nem na critica a uma forma muito própria de estar na política. Procurar achincalhar a senhora, por ser “actriz nas horas vagas” ou porque em debates, perde a postura certinha, revela uma mentalidade mesquinha e a nossa pequenez, porque se acha que “não fica bem”, à luz das boas maneiras, institucionalmente consagradas.

    Se fosse a classificar as pessoas pelas discordâncias que com elas tenho, cara amiga, não teria amigos. Preferia que me dissesse onde o meu comentário fere a sua susceptibilidade. Pois será, a de comunista convicta? Eu acho que ela é uma comunista convicta na presunção do que é entendido por ela própria como comunista. Ousa contestar isso? Olhe eu também acho que sou um anarco-comunista, com toda a contradição que possa existir nesta designação? Também será exagerado? Talvez… porque apenas assente na minha própria teoria. Não é o caso dela. A teoria (a interpretação de uma teoria) está lá, por muito que dela discorde e discordo muito. Mas diga-me lá o que é ser comunista. Talvez que tal ouvir-mos a canção do José Mário Branco, no disco “A MÃE”, o elogio do comunismo. Acha bem?

  3. A minha “ironia” prende-se com o facto de me julgar conhecedora da outra face, que não a publica, da Dr.ª Odete. e permitir-me assim não embandeirar no unanimismo dos elogios à senhora Doutora Odete Santos.

    [“Não gosto do bom gosto!”
    Para alem de que, acho falso toda aquela retórica de elogios à Dr Odete… Não será o seu caso evidentemente… Abomino o unanimismo!]

    Evidentemente que não considero a Drª Odete comunista, muito menos convicta. Mas, para seu governo devo dizer-lhe que acho o mesmo do sindicalista profissional, agora líder politico Jerónimo de Sousa.

    Maneiras de ver… que eu gosto de dizer, maneiras de sentir.

    Quanto à referencia ao Teatro e à veia artística da Dr.ª Odete, nada a obstar… não sou das que acham mal que a Sr.ª deputada se exponha assim, não sou das que entendem o teatro ou outra qualquer valência artística, redutora… antes pelo contrário… Em relação à Dr.ª Odete e a sua arte para declamar, governe-se com esta declaração: Adorei ouvi-la recitar a “Calçada de Carriche”…

    Mas a Drª Odete nem sempre sabe respeitar as diferenças e as vezes até é mal-educada…

    E é sectária até à raiz daqueles cabelos pintados de vermelho, mas que o seu habitual desmazelo e desconcerto deixam as raízes brancas à vista… (Vá diga lá que é uma critica snobe!)

    Com isto não quero dizer que, a Dr.ª Odete seja uma adversária a abater… nada disso.

  4. Não conheço a outra face que fala. Mas conheço a de sectária e também algo grosseira muitas vezes. Mas também lhe reconheço combatividade e defensora de causas justas como as da despenalização do aborto e da igualdade das mulheres. Porque sei que por trás daqueles aplausos e unanimismos na assembleia, há muita hipocrisia e também por essas razões embora possa ter parecido o contrário é que senti necessidade de dizer algo mais.

    Já agora gosto muito dessa expressão ” não gosto do bom gosto, não gosto do bom senso, não gosto dos bons modos” que tão bem a Adriana Calcanhoto no álbum “Público” e cujo título é “Senhas”, canta e cuja música já publiquei aqui.

  5. A drª Odete è uma Srª quer acreditem quer não!É uma comunista convicta, e por ser uma defensora acérrima da sua ideologia não gosta da hipocrisia e por isso diz logo o ke pensa se isso é ser mal educada eu sou super mal educada.Quanto aos aplausos os de alguns seriam verdadeiros os de outros nem tanto…mas acredito que a maior parte sera por respeito pois todas as causas onde tanto deu de si foram por ela encaradas com honestidade e competência acima de tudo muita competência. Àlem disso falou-se aqui em declamação … è ouvi-la e sentir-se as palavras, o arrepio na pele ficar-se á beira das lagrimas. porque ela sente o que diz!!! Isso é tão raro hoje em dia!

  6. Odete Santos esteve (está)sempre na 1ª fila no que diz respeito à defesa dos direitos das mulheres. Só isso seria suficiente para a considerar mais do que merecedora do nosso respeito e admiração.

    Odete Santos é como sabemos, mais do que isso.
    Todas as mulheres e homens fossem assim…

    Abraço
    [[]]

  7. Não esquecer a faceta estalinista da Odete Santos, ainda hoje, tantos anos após a queda do muro de Berilm tem saudades da URRS, e não atribui culpas ao Zé dos Bigodes. À que analisar o todo e não olhar só para o que interessa.

  8. A faceta “soviética” da Odete Santos não deveria entrar na avaliação que lhe devemos fazer sobre os 25 anos de deputada numa assembleia democráticamente eleita…

    A avaliação não é post-mortem…

  9. Nem sei bem como cá vim ter, mas creio que foi à procura de uma das canções cantadas antes do 25 de Abrir e que hoje gostaria de colocar no meu blog: “Vá camarada, mais um passo…” Não a encontro, mas encontrei este blog.

    Bom, quanto à DONA Odete, nem me faz grande impressão as críticas que algumas pessoas aqui lhe fazem…tomara as outras bancadas terem uma Odete um dia de legislatura…o resto é paleio.

    Gostei muito do post que um amigo meu, não comunista, pelo que insuspeito, escreveu em: http://atlanticoplantado.blogspot.com/

    Para ti, Fernando, um abraço e promessa de estar atenta

    “Cada fio de vontade são dois braços e cada braço uma alavanca”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s