Vai dar “guerra”

ambulancia.JPGO rastilho está pronto a pegar. O processo de “requalificação” das urgências, melhor dito, de fecho das urgências vai dar guerra. Quando o sistema de saúde é o que conhecemos o Governo prepara-se para fechar  urgências e “escolher” novos locais para as urgências primárias. As populações e autarcas já estão a reagir e ameaçam com a mobilização das populações. Depois do fecho de escolas, maternidades, agora são as urgências.

No Alto-Minho, os concelhos de Caminha, Cerveira, Valença, Paredes de Coura, Melgaço, Arcos de Valdeves e Ponte da Barca, ficam servidos com uma urgência central, em Viana do Castelo e duas urgências primárias em Monção (primeiro tinha sido escolhido Valença) e Ponte de Lima.

O Governo corta onde não deve cortar. Nos cuidados de saúde. As populações têm toda a razão para elaborar o seu protesto.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s