Ponto da situação sobre a OPA da PT

Hoje o dia foi farto em notícias sobre a OPA da PT. Aqui fica um resumo e comentário.

  1. É sabido que Belmiro de Azevedo oferece 9,5 euros por acção. No entanto o Financial Times considera que a PT vale pelo menos 11 euros por acção e que “a administração da PT e os seus donos não se devem sentar à mesa por menos desse valor”.
  2. O Diário Económico de hoje, diz que Belmiro de Azevedo quer a fazer um acordo parassocial com a Caixa Geral de Depósitos. Mas o mesmo jornal, considera que tendo a CGD comprado as acções acima dos 10 euros, isso significaria que a CGD perderia 23 milhões de euros se vendesse as acções a 9,5 Euros.
  3. Também os accionistas da PT não parecem convencidos das vantagens da proposta da Sonae, por considerarem baixa a proposta. Por outro lado os compromissos de separação das redes e a partição da rede grossista e retalhista, oferecem condições de concorrência, aceitáveis para o Governo.
  4. A Sonaecom para comprar a PT, precisa primeiro de obter a concordância da maioria dos votos accionistas para alterar os estatutos, a fim de permitir ao accionista Sonaecom ter mais de 10 por cento do capital. Mas parece que os accionistas de referência, não se mostram disponíveis a votar esta alteração se não houver uma subida do valor por acção acima dos 9,5 Euros. Hoje as acções da PT em bolsa fecharam a 10 Euros.
  5. Outra possibilidade forte é a Sonaecom subir a o preço, ainda antes da AG para desblindar os estatutos. Se isso acontecer a Administração da PT deverá convocar uma nova Assembleia Geral, nos termos da lei, decorrente da alteração da oferta inicial, para aprovação de novas medidas anti-OPA e propor um novo aumento dos dividendos, emitir novas acções ou alienar activos, para remunerar mais os accionistas, diz o Jornal de Negócios.
  6. Subindo o preço aumenta o “endividamento” de Belmiro de Azevedo e se o Estado já iria perder em impostos 4000 milhões de euros em 10 anos, com este aumento do preço, para acompanhar as exigências dos accionistas, o investimento em tecnologia e investigação, praticamente deixará de existir e por consequência o desenvolvimento do País.
  7. Também, Mário Lino em entrevista à Rádio Renascença, disse que o Governo não abdicará da golden share na PT, afirmando que o interessa, são as melhores soluções que permitam uma melhor concorrência, melhores preços, e que importante é saber também, qual o grau de empenho dos interessados na PT de modo a que a empresa seja uma grande empresa Portuguesa. Ficamos à espera desta aparente boa-vontade do Governo.

Nota final: O texto acima foi feito com base no resumo diário da imprensa de hoje sobre a OPA da PT, a partir de uma recolha da direcção de comunicação da PT, distribuída aos trabalhadores.

Advertisements
por Fernando Publicado em OPA PT

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s