Contrastes à esquerda.

Ségolène Royal, candidata do Partido Socialista Francês às presidenciais francesas, está na China. Em declarações à imprensa, criticou o regime por desrespeitar os direitos humanos, pediu o fim das prisões injustificadas, o respeito pelas convenções internacionais e apelou a uma maior distribuição da riqueza nacional, para diminuir o fosso entre os ricos e os pobres.

Há precisamente seis meses Jerónimo de Sousa e uma comitiva do PCP estava de visita à “amiga” China. Mas de Jerónimo de Sousa não se ouviu uma critica ao regime ditatorial chinês, às prisões, às perseguições políticas, à falta de liberdades, à exploração violenta a que são sujeitos os trabalhadores.

Acabo de ler na edição on-line do Expresso que as autoridades chinesas mandaram queimar, cerca de uma centena de pares de sapatos de marcas de luxo, “por não atingirem os níveis necessários de qualidade”.

O Partido Comunista Português é que não consegue “descalçar” este sapato! O que é verdadeiramente lamentável e incompreensível.


Anúncios

Um comentário a “Contrastes à esquerda.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s