Valete

“Um homem, uma vida, uma voz, um rosto.
… estou-me a cagar para o que é suposto.”
Valete

O Hip Hop surgiu no ambiente urbano de Nova York, cidade dos Estados Unidos. O Hip Hop é um canto falado, pontuado com os ritmos negros, o movimentos do corpo, desenvolvido pelo prazer dos sons, dos movimentos, entrecortados com referências, à droga, à violência, à ostentação, às mulheres e à intervenção política em sintonia com as vivências do dia a dia, nas periferias urbanas das grandes cidades.

O Hip Hop praticamente foi “apropriado” pela sociedade capitalista e os grupos que “ontem” se distinguiam por uma visão critica da sociedade, são hoje um produto de consumo comercial, rendidos à ostentação, ao mediatismo, ao luxo, tendo perdido muito da sua pureza inicial.

Valete é um caso à parte. É talvez o único português, da música Hip Hop, que mantém essa vertente da intervenção política revolucionária.

“Valete é um humanista convicto que nas suas rimas manifesta-se contra a futilidade materialista, o consumismo e a exploração capitalista” do seu blogue.

Deixo-os aqui com um dos seus vídeos apanhado no Youtube.

Anúncios

4 comentários a “Valete

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s