Tudo numa boa.

O republicano Manuel Alegre e o monárquico Duarte de Bragança defendem valores que vão da esquerda à direita.

Na voz de alguns, esquerda e direita, parece já não se usar.

É só para nos enganarem. A esquerda e a direita existem como é evidente.

Olhe-se para a esquerda e a direita, mais ao centro, o Bloco e o CDS. Não existe esquerda e direita? Por favor…

Sei que é difícil de distinguir isso no PS e PSD. Mas isso acontece, porque nem um nem outro, são esquerda e são direita. Ou melhor, são de esquerda e de direita (ou centro-esquerda, centro-direita), consoante estão na oposição ou no poder. O PC não é um partido político é um grande sindicato de classe(s).

Cá por mim continuo a defender os valores que vão da esquerda… à esquerda. Sem prejuízo de achar que há pessoas à direita e à esquerda que bem poderiam trocar o seu posicionamento ideológico, tendo em conta certas práticas.

Mas a esquerda já é suficientemente ampla para defender valores de direita. Fosga-se!

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s